Pular para o conteúdo principal

Inacreditável,😱Esta Acontecendo AGORA nos Cemitérios de São Paulo. 😱







Em todo o mundo os cemitérios tem o sinônimo de um local de paz, contemplação, respeito, em alguns países atividades turísticas e visitas guiadas são muito comuns, nestes locais.

Já no Brasil especificamente nos cemitérios da capital de São Paulo, o cenário é completamente diferente, os furtos e o abandono tem sido um problema enfrentado por muitas famílias.

Somente em 2018 houveram 467 furtos registrados nos cemitérios do estado. Isso o que foi registrado oficialmente pelos boletins de ocorrências, basta você visitar algum cemitério para perceber que este número hoje no final de 2019 é bem maior. Fonte:SPTV

De quem é a responsabilidade pela conservação, e pela segurança dos cemitérios?

Embora a administração do cemitério público tenha sua responsabilidade, sobre a segurança do local, a responsabilidade do jazigo pertence a família.
A prefeitura iniciou a
 privatização da administração dos cemitérios, contudo a responsabilidade sob a concessão do túmulo continuara sendo da família.


Por enquanto a imagem é do abandono, o que era para ser um local de paz, basta observar para ver que a violência chegou até aqui, em poucos passos podemos encontrar uma sequência de túmulos violados, em cada rua há muitos túmulos sem portas. 

No cemitério de Campo Grande por exemplo. Os 1.500 Metros quadrados que contornam cemitério foram encontrados 8 pontos vulneráveis, o portão velho de ferro está sem proteção, o cadeado foi arrancado, a cerca foi cortada puxada para baixo e até derrubada o boletim de ocorrência registrado na delegacia do bairro diz, o local não possui o monitoramento de câmeras de segurança, durante a madrugada apenas um funcionário permanece no local e a última ronda da Guarda Civil Metropolitana passa em ronda por volta da 1 am da manhã de acordo com o levantamento. 


A administração do cemitério procurou a delegacia do bairro para denunciar um ataque, foram furtadas 75 portas de bronze durante um único fim de semana, os bandidos agem de madrugada, basta contornar algum cemitério da capital para notar a falta de segurança.



Em um patrulhamento de rotina na região da consolação no fim da noite perceberam uma movimentação estranha de suspeitos e pararam a viatura quando se aproximaram deram de cara com dois homens passando placas de bronze por cima do muro do Cemitério da Consolação, a dupla confessou o crime, perguntado a um deles o destino dessas placas, seria um ferro velho na estação da Luz e que arrecadariam em torno de R$30 a R$ 40. Os suspeitos foram presos em flagrante por furto, os dois já tem passagem pela polícia pelo mesmo crime, as placas foram devolvidas ao cemitério.Há 10 dias outro suspeito foi preso por furtar 25 objetos de bronze do mesmo cemitério o comparsa conseguiu fugir.



Precisamos entender a cadeia por traz deste ciclo.



Facilitadores (no topo, em amarelo), e tudo aquilo que contribui para o crime de violação. A falta de segurança e de agentes inibidores, a vista grossa de quem vê algo suspeito. Os receptadores( no meio em verde) são aqueles que pagam pelo material roubado. O valor por eles oferecidos geralmente muito baixo, adictos aceitam a permuta devido ao vício.Pessoas em situação de extrema pobreza, (base da pirâmide, em marrom) usuários de drogas e álcool e meliantes de pequenos delitos geralmente são quem cometem o furto. Portanto podemos identificar as Causas raízes, que são: Valor pago por receptadores,
falta de agentes inibidores ao delito,

Via lei de acesso à informação os dados mostram a precariedade dos cemitérios:


Somente de Janeiro a Novembro de 2018 foram registrados: 
467 furtos em Cemitérios no Estado de São Paulo.

Um dos problemas é o número de Guardas, na média é menos de um por cemitério, isso significa que nem todo cemitério tem um guarda.

Embora a administração do cemitério público tenha sua responsabilidade, sobre a segurança do local, é importante ressaltar que a responsabilidade da concessão do jazigo pertence a família. Ou seja, a família recebe uma licença com prazo indeterminado para deixar os restos mortais de seus entes no local.


O que os amigos e familiares podem fazer para proteger o túmulo da ação de criminosos?

Para isso surgiu o ZelaCampa, um conjunto de tecnologias desenhadas para proteger os túmulos e a memória da sua família.


Através de um aplicativo os membros recebem a notificações periódicas de limpeza e inspeção a um custo extremamente acessível que ainda pode ser dividido entre os membros.



O conjunto de famílias ou aquilo que chamamos de sociedade tem a capacidade de reverter qualquer situação enfrentada através da união de esforços. Cada família tem um líder, ou simplesmente aquele que responde por assuntos relacionados a ela. Compartilhe esta ideia e ajude a transformar esta realidade.








Postagens mais visitadas deste blog

Revelado os 5 Monumentos que são Túmulos disfarçados

O túmulo é o local onde são colocadas as pessoas quando elas morrem. Ele varia de forma e tamanho e pode representar uma homenagem póstuma para que a pessoa que partiu possa ser lembrada.   Mas existem alguns monumentos que são tão incríveis que você com certeza não imaginaria que fossem túmulos até alguém lhe contar.   Neste artigo vamos mostrar cinco túmulos impressionantes e contar algumas curiosidades interessantes sobre eles.   1.Taj Mahal   É um belíssimo mausoléu que foi edificado no século XVII a mando do imperador mongol Shan Jahan para honrar a memória de sua terceira esposa, Aryumand Banu Begam.   Era uma princesa persa e a esposa que ele mais gostava. Ela morreu em 1631 ao dar a luz ao 14º filho do casal. Sua morte abalou Jahan que quis homenageá-la mandando construir um luxuoso mausoléu que levou 20 anos para ser finalizado.   Sepultado no mausoléu além de Aryumand se encontra Jahan que morreu no ano de 1666. Esse mausoléu se encontra na cidade de Agra

Por que é Importante Contratar um Zelador Para o Jazigo da Família?

Perder um ente querido é difícil não só emocionalmente como burocraticamente. E dentre tantas preocupações, uma delas é o jazigo da família. O jazigo da família é uma área no cemitério destinada a sepultar os membros de uma mesma família. É necessário que o jazigo esteja sempre bem cuidado, por isso surgiu a necessidade de contratar um zelador. Mas é mesmo necessário contratar um zelador particular para o jazigo da família? Neste artigo você vai entender por que é importante contratar esse profissional para cuidar do jazigo da família. Mas antes vamos entender... O que é o jazigo da família? O jazigo da família é o espaço no cemitério onde são sepultados os membros de uma mesma família. O tamanho do jazigo pode variar de um cemitério para o outro, sendo que os modelos encontrados são: Jazigo duplo – cujo espaço é suficiente para a construção de até oito gavetas, quatro de cada lado. Três delas são usadas para fazer o sepultamento enquanto a quarta é para o ossuário. Jazi

Placas de bronze furtadas do Cemitério da Consolação são recuperadas pela GCM e um indivíduo é preso.

Imagem Bruno Trentin Por volta das 02:00 horas de 17/06/2020, os integrantes da VTR 11205 Subinspetor Assunção e os GCMs 3a. Classes Wilton e Rodrigues efetuavam patrulhamento pelo perímetro do Cemitério da Consolação e perceberam um gatuno retirando um saco branco do interior da necrópole o qual era passado por cima do muro por um comparsa já lá dentro. De pronto foi feita a abordagem do indivíduo e na verificação foram constatadas 36 peças de bronze subtraídas de túmulos do cemitério. O ladrão foi encaminhado ao 78 DP cuja autoridade de plantão ratificou a voz de prisão dada pelos GCMs através do boletim de ocorrência com a natureza Furto Qualificado. As peças recuperadas foram restituídas ao Serviço Funerário do Município de São Paulo. Graças a ação diligente do atual Administrador, Sr Sandro Borges, o policiamento interno noturno no Cemitério ao perceber movimentação dos meliantes, avisou a GCM que fechou o perímetro externo e ficou no aguardo. Quando os meliantes foram sair foi da